sábado, 12 de agosto de 2017

Há tanta vida além da vida, que origina mais vida ainda.
Múltiplas formas de estar, pensar, de ter assimilado aquilo que a cultura, a infância, os sítios por onde se passou, amou e foi amado. É incrível como tanta diversidade produz tanto conhecimento, mas o conhecimento muitas vezes não fica a par dessa diversidade. Enclausuramo-nos em muros de betão citadinos, barrando outras coisas de acontecerem. Esse estar no agora é simplesmente o que se chama de futuro. O futuro não acontece. É só uma projecção do que estás a ser agora, de um contínuo agora.

Sem comentários:

Enviar um comentário