segunda-feira, 10 de abril de 2017

Humildade, que estejas sempre presente

Tem de existir um certo foco consciente de que há que manter continuamente a sensação de aprendiz. Ninguém alcança bens maiores sem a companhia e clarividência da sua própria imagem em construção. Espero nunca me esquecer disso. Que existe a lei da gravidade, que as balanças se equilibram, que as energias vão e vêm em retorno e de que, essencialmente, nenhum ramo se enche de folhas sem a raiz ser bem alimentada. E só alimenta a raiz quem valoriza o que teve e tem, sabendo o que são os começos do zero.

Sem comentários:

Enviar um comentário