segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Enquanto não existir amor verdadeiro e genuíno
que nasça confiante interiormente
como ousas pedir ou desejar que alguém
venha fazê-lo consequentemente?

Esperas atentando nas estrelas
enquanto encavalitas galáxias no topo dos ombros.
Mas permite que o tempo passe por ti e floresça
aquilo que ficou por entender dos escombros.

Nada disso vai chegar
enquanto não fluir o que seja individual
pois o que somente necessita
é ter-te a ti como o início e final.

Sem comentários:

Enviar um comentário