sexta-feira, 23 de setembro de 2016

"Só o amor é real"

Descobriste que lá existe amor. Não sabendo ainda com que força, familiaridade ou dimensão. A verdade é que, quando o amor surge e para ele se é emergido, torna-se impossível guiar o caminho como se nada de extraordinário tivesse ocorrido. Ele tem essa subtileza, de relembrar persistente e pacientemente, tentando medir forças num duelo optimista, quando existe a tentação de combatê-lo com racionalidades, negação e princípios comparativos. O amor sabe sempre onde irá fluir - e como um rio constante - não cessa em chegar até nós, que conduzimos, somos conduzidos e escolhemos, pretendendo ou não, essa opção. Muitos é que se habituaram a viver com tantos véus, contratos, caridade que não entendem quando chegou, e quando necessita de ir ou ficar. Inúmeras gotinhas de chuva podem sair de uma nuvem e esta acinzentar serenamente as mesmas cabeças que ainda não repararam que partilham o mesmo espaço. E esta é uma magia do amor....descobrir sol entre as gotas de chuva. E agradecer a existência de ambos!

Sem comentários:

Enviar um comentário