segunda-feira, 30 de maio de 2016

De Ramiro Calle "O livro do amor - os melhores contos orientais"

" O sol expande os seus raios de luz e não se preocupa com quem os queira ou não receber, nem deixa de o fazer mesmo que não exista ninguém para os captar. A verdadeira atitude amorosa é como um perfume que se expande em todas as direcções e que não está condicionada ao ego, nem portanto ao egoísmo ou à selecção caprichosa".

"Existe nas pessoas uma certa tendência para criticar, censurar, desqualificar e julgar implacavelmente os outros. É um sinal de falta de entendimento correcto, maturidade, flexibilidade anímica e sobretudo da incapacidade para se pôr no lugar dos outros e apreciar objectivamente as suas circunstâncias. É o ego que se interpõe nessa visão clara das circunstâncias alheias e nesse empenho em perder-se em críticas, umas vezes por doentia diversão, outras por inconsciência e outras por reflectida malevolência. Deveríamos deter-nos a ver o que existe por detrás de cada pessoa, a sua história pessoal, as suas dificuldades e circunstâncias adversas, e ganhar assim um pouco mais de clemência e humanidade"

Sem comentários:

Enviar um comentário