quarta-feira, 23 de março de 2016

Os dias, anos, séculos, milénios passam e os Homens mantêm as mesmas características sujas e podres que os acompanharam desde sempre! Vingança, inveja, ódio, morte ou abuso em nome de qualquer coisa que o valha, mentira, ambição pelo poder pessoal, público, relacional... Viaja-se até à Lua, dispomos da cartografia do visível e até do infinito, mas os nossos corações e mentes inquietam-se e vivem com o que de mais básico, mesquinho e degradante povoa a realidade. Quando vivermos através da bondade, sem marketing, etiquetas, compras em prestações, mestrado ou pós graduação, currículo para voluntariado, sem intenções secundárias, numa bondade pura que nos inspire de serenidade através da integridade e honestidade connosco e com os outros, viveremos então a supremacia que conspiraram para nós. Até lá seremos inferiores e perdidos, como todos os que povoaram a Terra desde que a sentiram nos pés.

Sem comentários:

Enviar um comentário