terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Nuvem alta, nuvem alta
Poque é que tão alta vais?
Se tens amor que me falta,
Desce um pouco, desce mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário